As primeiras irmãs chegaram ao Rio de Janeiro no dia 18 de outubro de 1936, a bordo do vapor “Augustus”.

Naquela época, a Espanha sofria com os horrores de uma guerra civil, sendo muitos colégios católicos queimados.

Um grupo de irmãs, lideradas pela Madre Antónia Calatayud, desembarcou no porto do Rio de Janeiro e sentiram-se acolhidas pelo Cristo Redentor que as recebeu de braços abertos.

De início, foram hospedadas pelas irmãs de Secre Coeur e Maria Imaculada. Procurando, encontraram no Grajaú o lugar ideal para começar a Missão.

Ao comunicar ao Cardeal D. Sebastião Leme, ele disse: Deus reservou o Grajaú para a Companhia de Maria.

Em 1937, estabeleceram-se na Rua Marechal Jofre, número 35 e 40, começando com 15 alunas.

Em 1941, compraram uma casa na Av. Engenheiro Richard e começaram a obra do Colégio que foi inaugurado solenemente em 1942.

Quantas gerações já passaram pelo Colégio!

Continuam vivos a chama e o ideal de Santa Joana de Lestonnac, que fundou a Companhia de Maria, na França, em 1607.

Nossos alunos com o passar do tempo deixarão de sê-lo e através deles teremos evangelizado famílias inteiras. Esse é também o ideal dos educadores e das Irmãs que vivem com entusiasmo o Projeto Educativo da Companhia de Maria.

Jubileu de Carvalho – 80 anos em Aparecida do Norte